NOTÍCIAS

31-JUL-2020

Capanema se destaca na região dos Caetés pela manutenção de emprego na pandemia da Covid-19

#EMPREGO POR RAILHA CASTILHO 31 DE JULHO DE 2020

A cidade de Capanema, localizada no nordeste paraense, destacou-se no primeiro trimestre de 2020 por conta do número de empregos formais gerados. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistema utilizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) para acompanhar a situação da mão de obra formal no Brasil, o município foi o responsável por 31,34% de todos os empregos garantidos da chamada região dos Caetés, que engloba um total de 15 cidades dentre elas Nova Timboteua, Peixe Boi, Bragança, Salinópolis e Primavera.

Na prática o percentual representa, em números absolutos, 5.616 postos formais de trabalho em Capanema do total de 17.922 de todos os municípios dos Caetés. Nos três primeiros meses deste ano, Capanema apresentou saldo de 157 empregos garantidos num cenário de retração nacional por conta da Covid-19. Enquanto as demais cidades registraram queda em novos postos de trabalho, Capanema manteve um número expressivo de empregos formais: em fevereiro foram 5.755 vagas, enquanto que em março se registrou o maior estoque vagas, de 5.773 empregos - um saldo de 18 vagas.

Oportunidades - Há mais de dez anos trabalhando no ramo de floricultura, Irene de Souza Furtado, 52, é um exemplo de como a pandemia da Covid-19 abriu novas oportunidades de negócios mesmo diante de um cenário de retração da economia, mas que em Capanema se mostrou diferente.

Ela conta que no início da pandemia foi difícil para todos. A empresária viveu o dilema entre ficar em casa na prevenção da doença e a obrigação de cumprir com os compromissos com fornecedores. Mas Irene fez diferente e usou as redes sociais para divulgar a loja localizada na avenida Barão de Capanema. "Cheguei a ir para a casa, me recolher e tivemos cautela, mas tínhamos contas a pagar. Comecei a atender com o uso das redes sociais e mostrando a importância do cultivo de plantas como terapia. Eu me surpreendi. Foi uma estratégia que surgiu", lembrou a empresária.

Mas se o empresariado buscou a reinvenção nos negócios, o cenário do novo coronavírus não foi empecilho para Bruna Jaqueline Leão, 26, garantir uma nova chance no mercado de trabalho. "Entreguei vários currículos no comércio e veio essa oportunidade pelo Sine. Estava sem expectativa devido ao período de pandemia, mas surgiu a vaga e tem me ajudado muito na renda familiar. Estou empregada há três meses", disse a operadora de caixa.

A realidade relacionada à empregabilidade capanemense foi divulgada nesta semana pela edição de julho do boletim estatístico da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Mineração e Turismo (Seicomtur).

Emprego e renda - O prefeito Chico Neto atribui o destaque de Capanema, no contexto da região dos Caetés, em relação à geração de empregos durante o primeiro trimestre, a um conjunto de fatores, sobretudo pela efetiva política de geração de emprego e renda. "Desde o início de nosso trabalho, conforme o nosso programa de governo, mantivemos a condição da geração de emprego e renda para redução da violência em Capanema. Monitoramos esse e demais aspectos de nossa gestão e o problema da segurança pública se mostrou com um dos maiores. Assim, incrementamos uma política pública séria, por meio da Secretaria de Indústria e Comércio, de geração de oportunidades no mercado de trabalho", explicou o prefeito.

Infraestrutura e atração - Chico Neto revelou ainda o investimento forte em infraestrutura e urbanização com serviços de pavimentação e até melhoria dos terminais e sendo fundamental para atrair empresas e empreendimentos responsáveis pela geração de novos postos de trabalho. "Paralelo à nossa política de geração de emprego investimos na infraestrutura da cidade, determinante para atrair grupos empresarias de projeção nacional e regional, que têm chegado à cidade sob a perspectiva de geração de novos empregos", assegurou. "Capanema se destaca ainda pela facilidade do diálogo entre empresariado e prefeitura, e também por todo apoio à implantação de importantes empreendimentos empresariais", finalizou o gestor.

Dianteira - O estudo do Caged/MTE já demonstrava que as cidades de Salinas, Capanema e Bragança representavam, em janeiro de 2020, 71,18% dos 17.922 postos de trabalho de toda área do Caeté. Contudo, Capanema surgiu na dianteira com 5.616, seguida por Bragança e Salinas com, respectivamente, 4.458 e 2.638 empregos formais. Todavia, a cidade bragantina, em segundo lugar em número de ofertas de emprego, possui 127.686 habitantes, ou seja, quase o dobro da população de Capanema, que é de 69.027.

O titular da Seicomtur, Marcelo Pierre, acredita que o planejamento feito pela gestão municipal foi importante para se enfrentar as crises provocadas pela Covid-19. "Já vínhamos numa crescente e sabemos que estimular a vinda de comércios é uma estratégia fundamental para garantir trabalho aos moradores, muito mais em período de pandemia. Estamos próximos de inaugurar empreendimentos do setor de supermercados e de uma grande rede de lojas", disse entusiasmado o titular da Seicomtur.

 

Deixe seu comentário

NOTÍCIAS MAIS RECENTES
#Vacinação Há 3 dia(s)

Campanha de multivacinação

Sexta e sábado, 15 e 16 de outubro

#Saúde Há 3 dia(s)

Teste de COVID-19 em todas as unidades de saúde

Teste de COVID-19 em todas as unidades de saúde

#Vacinação Há 4 dia(s)

Calendário de vacinação contra a COVID-19

Entre os dias 14 e 15 de outubro

#Vacinação Há 11 dia(s)

Calendário de Vacinação contra a aCOVID-19

12 anos ou mais que ainda não tomaram a 1ª ou a 2ª dose.

#Vacinação Há 17 dia(s)

Calendário de vacinação da 3ª dose

Idosos, trabalhadores de saúde e imuno suprimidos.

#Atendimento Há 20 dia(s)

Disponível o DISK VIGILÂNCIA

Para informações e tirar dúvidas sobre assuntos da Vigilância

#Vacinação Há 26 dia(s)

Segunda dose da PFIZER

Aqueles que já completaram 21 dias da 1ª dose poderá tomar a 2ª

#Vacinação Há 35 dia(s)

Calendário de Vacinação Contra a COVID-19 a partir do dia 13/09

Aqueles que completaram 21 dias da 1ª dose da Pfizer poderão tomar a 2ª.

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito